Três em 10 mulheres no nordeste sofreram violência doméstica

Três em cada dez mulheres que moram no Nordeste sofreram ao menos um episódio de violência doméstica ao longo vida, de acordo com dados que serão divulgados nesta sexta-feira, 9, pela Universidade Federal do Ceará (UFC). A pesquisa aplicou questionários em 10 mil mulheres para conhecer a realidade da violência na região e detectou ainda que capitais como Salvador, Natal e Fortaleza apresentaram maiores índices de casos.Em parceria com o Instituto Maria da Penha, e financiado pela Secretaria de Políticas para Mulheres, do governo federal, a pesquisa mostrou que 27% das mulheres entre 15 e 49 anos sofreram algum episódio de violência emocional - como insultos, humilhações ou ameaças -, 17,2% sofreram fisicamente e 7,13%, sexualmente, algo considerado "no mínimo, alarmante". Se considerado os últimos 12 meses, as porcentagens são 11,92%, 5,38% e 2,42%.

CRIANÇA FOI ABUSADA E ESTRANGULADA POR DOIS JOVENS NA CIDADE DE FLORESTA AZUL.


Uma criança de oito anos que estava desaparecida desde o início dessa sexta-feira (9) na cidade de Floresta Azul, foi encontrada morta dentro de um matagal há 5km depois da cidade de Floresta Azul por volta das 21:00, sem roupas com sinais de violência . No local do acontecido várias pessoas revoltada com o crime clamavam por justiça .
Os criminosos que tem entre 16 e 18 anos foi quem mostrou aonde estava o corpo. A policia de floresta Azul que se desempenharam prendendo os dois elementos encaminharam os dois por motivo de segurança para a delegacia de Itabuna. O Departamento de Policia Técnica foi acionado e fez a remoção do corpo.

Bope: os verdadeiros “Caveiras” da Bahia completam dois anos de serviços

Com destaque em 2016, pela atuação nas Olimpíadas, nos desarmes de artefatos explosivos e nas megaoperações em Salvador e Região Metropolitana, além do interior baiano, O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), os verdadeiros “Caveiras” da Bahia, comemoraram nesta sexta-feira (9), dois anos de implantação da unidade, de policiais que são designados sempre quando o “bicho pega”. Na década de 70 surgiu o embrião que deu origem ao Bope. Na Companhia de Polícia de Choque do 5º Batalhão de Policia Militar (Centro Administrativo da Bahia) foi criado o Pelotão de Operações Policiais (Pelopes). A capacitação era realizada em conjunto com integrantes da 6ª Região Militar (Exército). Em 1983 a PM dá mais um importante passo na construção do seu grupo de elite e cria o Batalhão de Choque, tendo como sub-unidade a Companhia de Operações Especiais. Este novo batalhão foi instalado na antiga Fazenda Caji, município de Lauro de Freitas, onde funciona até os dias atuais. Além da vontade institucional, um oficial também teve papel fundamental na história do Bope. Em 1981, o 1º tenente PM Jalon participou do Curso de Operações Especiais (COEsp), na Policia Militar do Rio de Janeiro. Ao retornar à Bahia, entrou para a história das Operações Especiais da PM baiana como o primeiro caveira do estado. Coube a ele implementar o viés técnico das operações especiais. A partir deste momento oficiais e praças baianos romperam as fronteiras para se formarem em operações especiais, técnicos explosivistas, atiradores de precisão, além de participarem de seminários e vários outros eventos relacionados ao assunto. No ano de 2014 a unidade, levando em consideração os serviços prestados, ganha status de Batalhão e amplia sua área de atuação. "Fico feliz em ter contribuído com a elevação deste batalhão tão indispensável para a segurança pública da Bahia. Vida longa ao Bope", desejou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. O comandante do Bope, tenente-coronel Paulo José Reis de Azevedo Coutinho, afirmou que a unidade tem a responsabilidade de agir com precisão. "Estamos prontos para ajudar os baianos nos momentos mais difíceis, além de preparar os policiais para o enfrentamento ao crime organizado", declarou Coutinho.

Difusora 'fernandou"

Após a decisão do TRE, de liberar a diplomação e posse de Fernando Gomes, a rádio Difusora resolveu "fernandar". Com direito a chamada a cada 30 minutos e trilha sonora da campanha "foram me chamar...", o prefeito eleito está sendo anunciado como o entrevistado do programa Resenha da Cidade neste sábado (10), ao radialista Roberto de Souza, a partir das 10 horas da manhã. Mas segundo bastidores do rádio, a Nacional será a "casa" de Fernando Gomes durante sua administração. É que ainda existe uma pendenga judicial entre Gomes e Botti, atual gestor da emissora (RD). E pesa, ainda, o fato de que a Nacional é da família Gomes, capitaneada por Dinailson. A conferir..

Menor confessa que matou jovem e feriu criança em Itabuna


Um dos 3 menores apreendidos após um homem ser morto e duas pessoas ficarem feridas no bairro de São Caetano, em Itabuna, na quinta-feira (8), confessou a autoria do homicídio para polícia. De acordo com a polícia, o menor contou que é usuário de drogas, e a vítima, inicialmente identificada por moradores como um pintor (foto), era um traficante da região. Ainda de acordo com a polícia, em depoimento o menor disse que estava sendo ameçado de morte pelo traficante, porque ele havia mudado de fornecedor. Acompanhado de mais dois amigos, o adolescente foi até o traficante e o matou a tiros. A arma do crime foi encontrada próximo a uma lan house, onde os outros dois menores estavam escondidos. O menor que confessou o crime foi apreendido dentro de um banheiro, quando tentava fugir para casa de vizinhos. Na residência do adolescente a polícia encontrou 100 pedras de crack. Os menores foram apresentados ao Ministério Público na manhã desta sexta-feira (9), e seguem à disposição da Justiça, no complexo policial de Itabuna. Durante a perseguição da Polícia Militar aos suspeistos, houve troca de tiros no bairro e duas pessoas ficaram feridas, entras ela uma criança de quatro anos, que foi baleada no pé e socorrida para o Hospital Manoel Novaes. Na manhã desta sexta, a direção confirmou que a criança seguia internada na unidade, mas o estado de saúde do paciente não foi divulgado. O outro baleado foi um jovem de 26 anos, também atingido no pé. Ele foi encaminhado para o Hospital de Base, recebeu atendimento e foi liberado pela unidade de saúde. (TV Santa Cruz)

Jovem é assassinado no Baianão, em Porto Seguro

Bruno Monteiro Gouveia, 21 anos, foi morto no começo da tarde desta sexta-feira (9) no bairro Baianão, na cidade de Porto Seguro. O jovem foi atingido por diversos disparos de arma de fogo, morrendo no local. Os autores do crime e motivação são desconhecidos. De acordo com moradores da localidade, Bruno era filho de um comerciante do município.

Solidária, atriz da Globo dá R$ 6 mil para caixinha de Natal em edifício

O espírito solidário pegou com força a atriz da Globo, Maitê Proença, nesta época de Natal. Segundo a coluna Gente Boa, do jornal O Globo, a loira decidiu contribuir para caixinha de Natal dos funcionários do edifício Chopin, em Copacabana, no Rio de Janeiro, e deixou os outros moradores intimidados. De acordo com a publicação, Maitê deu R$ 6 mil de contribuição e surpreendeu os vizinhos e trabalhadores do condomínio.

SSP-BA diz que ranking do Mapa da Violência 2016 não condiz com a realidade

Por meio de nota enviada para imprensa nesta sexta-feira (9), a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) ressalta que o ranking divulgado pelo Mapa da Violência não condiz com a realidade, pois não pode existir comparação entre estados que contabilizam todos os casos de homicídios, com federações que utilizam o subterfúgio 'mortes a esclarecer' com o objetivo de reduzir seus índices. A SSP-BA esclarece que a própria pesquisa, nas considerações finais, chama a atenção para a diferença da coleta realizada pelos estados e orienta a não comparação dos dados. A secretaria explica que em dois exemplos bem claros, na Bahia quando um corpo é encontrado com perfurações de arma de fogo é computado como homicídio. Em outros estados, principalmente nas regiões Sudeste e Sul, esse mesmo cenário é classificado como 'morte a esclarecer'. Detalha também que quando falamos de chacinas o critério é diferente. Na Bahia se em um local de crime são encontrados 4 corpos com sinais de homicídio, a polícia contabiliza 4 assassinatos. Em outros estados o caso é registrado como apenas 1 homicídio, pois alegam se tratar da mesma motivação. Por fim, a SSP da Bahia afirma que aguarda ansiosamente que o Ministério da Justiça abrace a solicitação do Conselho de Segurança Pública do Nordeste (Consene) que exige a imediata padronização na contagem. Sobre a cidade de Mata de São João ser considerada a mais violenta do Brasil, a SSP-BA reafirma os esforços para a diminuição da violência na cidade, que já apresenta redução registrada nos anos seguintes ao anunciado pela pesquisa, conforme apontam dados oficiais. Destaca ainda que em 2016 a 53ª Companhia Independente da Polícia Militar (Mata de São João) recebeu 16 novos militares para reforçar o patrulhamento ostensivo na cidade. Para ampliar a segurança na Região Metropolitana de Salvador foram ao todo 174 novos PMs. A Delegacia Territorial de Mata de São João ganhou dois novos delegados. Na região são 17 novos delegados investigando e desarticulando organizações criminosas que atuam naquela área.

Adolescente é apreendido e mulher é presa acusados de matar professores

Um adolescente de 17 anos foi apreendido e uma mulher, identificada como Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, foi presa nesta quinta-feira (8). A dupla é acusada de matar os professores Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos - também conhecido como "Nino" -, e de Jeovan Bandeira, 39, em junho deste ano, no município de Santa Luz, cerca de 300 quilômetros da capital baiana. As vítimas foram encontradas no porta-malas de um carro carbonizado, na BA-120. Segundo informações do site Notícias de Santaluz, eles confessaram o crime, que teria sido arquitetado por um homem identificado como Alan Militão Pires, morto na última terça-feira (6), após deixar a delegacia da cidade de Valente (distante 265 quilômetros de Salvador), onde cumpria pena por tráfico de drogas.

Traficante preso no Parque Boa vista; assaltantes no S, Caetano

Willian Oliveira dos Santos, 22 anos e um menor de 16, foram presos pela Polícia Militar da Base Comunitária na tarde desta quinta-feira (8), acusados de tráfico de drogas no Parque Boa Vista, em Itabuna. Eles foram detidos com crack e maconha. Enquanto isso, no São Caetano, foram presos Bruno Diniz dos Santos Reis e Miguel Arcanjo Fernandez Amaral, moradores do bairro Sarinha Alcântara (foto). Eles são acusados de cometerem assalto a bordo de uma moto na feira do bairro São Caetano. Bruno tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e está com alvará de soltura. O acusado já sofreu tentativa de homicídio. Segundo informações, a moto utilizada para cometer os assaltos é da mãe de um dos acusados. Todos foram conduzidos para o Complexo Policial de Itabuna.

Facebook Likebox popup For Blogger

Curta nossa pagina no Facebook. Basta clicar no botão abaixo

?

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets