18 de setembro de 2014

Curso de Eletricista em Itabuna

NÃO PERCAM ESSA OPORTUNIDADE, QUALIFIQUE-SE NO INSTITUTO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL GRAPIUNENSE - IMG CURSOS. 


VAGAS LIMITADAS - GARANTA A SUA. Click na imagem acesse nosso site e conheça outros cursos imgcursos.com

Confira a classificação atualizada da série 'A' do Brasileirão



De virada, o Bahia sai do Z4 vencendo o Botafogo que termina com 9 em campo

O Bahia venceu o Botafogo por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (17), no Maracanã. O time comandado por Gilson Kleina aproveitou a vantagem de atuar com dois jogadores a mais em boa parte do segundo tempo, após as expulsões de Ramírez e Emerson Sheik. A partida teve muito nervosismo, um pênalti duvidoso e dois jogadores do Botafogo expulsos. O resultado inverte as posições: o time de Salvador sai da zona de rebaixamento com 23 pontos. Já a equipe carioca entra, com 22. O Tricolor volta a campo no próximo domingo (21), contra o arquirrival Vitória, na Arena Fonte Nova. FICHA TÉCNICA: Campeonato Brasileiro - 22ª rodada Botafogo 2x3 Bahia Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 17/09/2014 Horário: 22h Árbitro: Igor Benevuto (MG) Auxiliares: Renato Cardoso da Conceição e Wanderson Alves de Sousa. Cartões amarelo: Marcelo Lomba e Guilherme Santos (Bahia); Cartões vermelho: Ramírez e Emerson Sheik (Botafogo) Gols: Emerson Sheik (duas vezes - Botafogo) ; Dankler (contra) Botafogo: Jefferson; Dankler, Bolívar, André Bahia e Julio Cesar; Airton, Gabriel, Ramírez, Zeballos (Yuri Mamute) e Rogério; Emerson Sheik. Técnico: Vagner Mancini. ///// Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Guilherme Santos; Uélliton, Rafael Miranda, Leo Gago (Maxi Biancucchi) e Emanuel Biancucchi; Rafinha e Kieza. Técnico: Gilson Kleina.

Dezenove pessoas são presas em bar em Feira de Santana, grupo comemorava soltura de preso

Dezenove pessoas que participavam de uma comemoração da saída de um colega do Conjunto Penal de Feira de Santana foram presas em um bar nesta quarta-feira (17). O grupo foi flagrado pela Polícia Civil com armas, munições e drogas. Ainda segundo a polícia, um suspeito de tráfico de drogas conhecido como “Coentro” comandava a festa. Outro integrante do grupo, identificado como “Cardeal”, conseguiu fugir após a troca de tiros. Entre os detidos na ação está Marcelo da Silva Sales, o “Marcelinho” é irmão de outro suspeito de tráfico, Danilo da Silva Sales, o Congue, que é apontado como mandante de diversos crimes em Feira de Santana. A proprietária do bar, localizado no bairro Jardim Panorama, afirmou que não observou se os homens estavam com arma e drogas e informou que eles já chegaram com uísque e pediram um engradado de cerveja. Com informações do site Acorda Cidade.
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17) proibir a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelo estado onde são recebidos produtos comprados pela internet ou por telefone, o chamado e-commerce. Para os ministros do tribunal, a decisão evitará a cobrança dupla do imposto, o que elevaria o valor pago pelo consumidor. Pela Constituição Federal, o ICMS deve ser recolhido pelo estado de origem do produto. No entanto, uma regra do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), editada em 2011 e assinada por 17 estados e Distrito Federal, autoriza o estado de destino da mercadoria comprada de maneira não presencial a cobrar tarifa interestadual de ICMS. Ou seja, o tributo, que já era cobrado no estado de origem, passou a ser cobrado, também, no destino. Estados que apoiavam a regra, o chamado protocolo 21 do Confaz, alegaram que, como não sediavam centros de distribuição do comércio eletrônico, teriam a arrecadação prejudicada. Ao julgar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), os ministros do Supremo entenderam que a portaria viola a Constituição, pois não poderiam alterar o modo de cobrança do imposto. Senado aprova alterações no ICMS do comércio eletrônico O tribunal entendeu ainda que, com a portaria, o ICMS passou a ser cobrado duplamente, o que aumentava o preço final dos produtos para o consumidor. Em fevereiro deste ano, o relator da ação que questiona a portaria, ministro Luiz Fux, concedeu liminar (decisão provisória) proibindo a cobrança no estado de destino. O STF agora analisou o mérito e manteve a posição de Fux.

17 de setembro de 2014

Cursos de Qualificação Profissional em Itabuna

NÃO PERCAM ESSA OPORTUNIDADE, QUALIFIQUE-SE NO INSTITUTO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL GRAPIUNENSE - IMG CURSOS. VAGAS LIMITADAS - GARANTA A SUA.


Click na imagem acesse nosso site e conheça outros cursos imgcursos.com

Brasil perde para a Polônia e fica ameaçado no Mundial de Vôlei

Foram nove vitórias e uma campanha praticamente irretocável nas duas primeiras fase do Campeonato Mundial de Vôlei. Mas de nada adiantaram estes resultados para a seleção brasileira masculina. Nesta terça-feira, a derrota por 3 sets a 2 para a Polônia (22/25, 25/22, 14/25, 25/18 e 17/15), em Lodz, obriga o Brasil vencer a Rússia por 3 a 0 ou 3 a 1, nesta quarta, se quiser chegar à semifinal. A seleção brasileira, vale lembrar, foi prejudicada por uma mudança sem explicação no regulamento. Cada um dos dois triangulares desta terceira fase deveria ser formada por um primeiro, um segundo e um terceiro colocados da segunda fase. Mas o sorteio da chave jogou Polônia e Rússia, que foram segundos colocados, junto com o Brasil (que foi primeiro). Além disso, foi alterado o calendário para que a Polônia, dona da casa, se tornasse cabeça de chave. Por isso, o Brasil, que jogou sério contra a Rússia na última rodada da segunda fase, para ficar em primeiro e jogar terça e quinta, perdeu este dia de folga. Volta à quadra já nesta quarta, novamente em Lodz, pressionado. Como a derrota foi por 3 a 2, o Brasil somou um ponto e a Polônia ganhou dois. Se vencer a Rússia por 3 a 0 ou 3 a 1, a seleção brasileira vai a quatro e não pode mais ser alcançada pelos russos. Porém, um 3 a 2 para o Brasil deixaria a equipe nas mãos de Rússia e Polônia, que se enfrentam na quinta.

Pesquisa Ibope aponta vitória apertada de Marina no 2º turno

O Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles: - Marina Silva: 43% - Dilma Rousseff: 40% - Branco/nulo: 11% - Não sabe/não respondeu: 6% - Dilma Rousseff: 44% - Aécio Neves: 37% - Branco/nulo: 12% - Não sabe/não respondeu: 6% - Marina Silva: 48% - Aécio Neves: 30% - Branco/nulo: 15% - Não sabe/não respondeu: 8% O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios do país entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00657/2014.

Paulo Souto diz que governo é culpado por mortes que poderiam ser evitadas em hospitais

O candidato ao governo do estado pelo DEM, Paulo Souto, fez duras críticas à gestão de Jaques Wagner (PT) ao tratar da saúde da Bahia nos últimos oito anos. “Se o Conselho Regional de Medicina fosse apurar as responsabilidades por mortes que deveriam ter sido evitadas, esse governo seria responsabilizado por muitos óbitos por falta de assistência à saúde”, disparou nesta terça-feira (16). Souto defendeu a necessidade de contratar vagas na área privada. “O problema é tão dramático que, se for necessário, não hesitarei em comprar leitos no setor privado, filantrópico, para tirar a Bahia dessa desassistência à saúde que está vitimando muitos baianos”. De acordo com o candidato, há salas de cirurgias ociosas, andares inteiros de hospitais estaduais que não estão sendo utilizados por conta da gestão deficiente de Wagner.

Corpo de homem mumificado é encontrado no cemitério de Poções

Uma família de Poções, na região centro-sul do estado, foi surpreendida ao encontrar os restos mortais de um parente intactos 10 anos após o sepultamento. A família, que preferiu não revelar a quem pertencia o corpo, porém autorizou que curiosos fotografassem, abriu o túmulo para enterrar a mãe da múmia, que pediu para descansar ao lado do filho. Na sepultura do homem mumificado, a família solicitou a construção de uma gaveta para que o jazigo da mãe fosse construído. Segundo sites da região, até as roupas foram encontradas completamente intactas. (Bahia Notícias: Foto: : Adriano Cruz)

16 de setembro de 2014

Cursos de Qualificação Profissional em Itabuna

NÃO PERCAM ESSA OPORTUNIDADE, QUALIFIQUE-SE NO INSTITUTO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL GRAPIUNENSE - IMG CURSOS.



VAGAS LIMITADAS - GARANTA A SUA. Acesse nosso site e conheça outros cursos - imgcursos.com

Avião cai no município de Boa Vista do Tupim na tarde desta segunda






Um avião monomotor com prefixo U-SEH caiu na tarde desta segunda-feira (15), no município de Boa Vista do Tupim, na Chapada Diamantina. Policiais militares se deslocaram para o local onde se aglomeravam populares e curiosos. A aeronave foi encontrada virada na zona rural do município, como se o piloto tivesse tentado arremeter ou virado para diminuir o impacto. Informações extraoficiais dão conta de que o piloto e o co-piloto foram atendidos no hospital municipal e não sofreram ferimentos. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente. (Jornal da Chapada)

Rio: coronel que ganha mais que governador é preso acusado de participar de milícia

A polícia prendeu nesta segunda-feira (15) o coronel Alexandre Fontenelle Ribeiro de Oliveira, terceiro homem na hierarquia da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ele é acusado de liderar uma quadrilha de policiais que praticava extorsões no bairro de Bangu. Responsável por comandar tropas de elite do Rio, Fontenelle ganhava um salário mensal de R$ 32.251,41 brutos - R$ 17.107,29 líquidos. O valor é maior do que é o que pago ao governador do estado, Luiz Fernando de Souza, o Pezão, que recebe mensalmente R$ 21.968,14 brutos e R$ 16.330,43 líquidos. Segundo as investigações do Ministério Público do Rio (MPRJ) e da Secretaria de Segurança (Seseg), o esquema criminoso funcionava dentro do 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Bangu, e envolveu todos os quadros do quartel, dos oficiais do Estado Maior aos praças. Três pessoas estão foragidas e 22 foram presas, denunciadas pela promotoria por formação de quadrilha armada. Também foram cumpridos 53 mandados de busca e apreensão. As investigações sobre a quadrilha já estavam em curso em agosto de 2013, quando o coronel e o major Carlos Alexandre de Jesus Lucas, também detido nesta segunda, assumiram, respectivamente, os cargos de comandante e subcomandante do Comando de Operações Especiais (COE) da PM, ao qual estão subordinadas as tropas de elite da PM. Com o coronel, que foi destituído do cargo e preso em casa, no Leme (zona sul), foram encontrados extratos bancários com valores elevados incompatíveis com a renda (mais de R$ 30 mil brutos), a contabilidade da quadrilha, e bilhetes com as cotas dos integrantes de quadrilha. O MPRJ anunciou que investigará o patrimônio do coronel. (agenciaglobo/estadão)

Criminosos deixam bomba de dinamite na porta da Igreja Universal no CE

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar em Fortaleza (CE) foi acionado na noite do último domingo (14) para desativar um artefato explosivo encontrado na porta da Igreja Universal do Reino de Deus do Centro da Cidade. A Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) foi acionada pelo vigilante da igreja por volta das 21h, o homem desconfiou de um pacote deixado na entrada do templo por um desconhecido. Assim que o Gate chegou foi encontrado um artefato explosivo que pesava cerca de 1 kg pronto para ser detonado. O poder de destruição da bomba e dinamite era de 20 m². A área foi isolada e o esquadrão antibombas precisou ser chamado, o cabo Silva e o soldado Mendes removeram o artefato e desconectaram a carga principal do detonador, eliminando assim o risco de explosão. De acordo com o jornal Diário do Nordeste a bomba dinamite não seria usada contra a Igreja Universal mas sim para ações criminosas contra bancos da região. Acredita-se que os bandidos descartaram a ideia de explodir o banco e abandonaram o artefato na entrada da igreja. O caso será investigado pelo 34º Distrito Policial do bairro Farias Brito, e o artefato foi encaminhado para a Perícia Forense onde será estudado.

12 de setembro de 2014

Empresário carioca morde criminoso, rouba arma e salva família de sequestro

Um empresário carioca usou literalmente unhas e dentes para salvar a esposa e a filha de um sequestro relâmpago. O homem foi abordado na Zona Norte do Rio de Janeiro, na noite da última quarta-feira (10), por dois criminosos identificados como Anderson Gonçalves Vianna, de 24 anos, e Alisson de Souza, de 20, quando dirigia sua Toyota Hilux, de cor preta. De acordo com a polícia, o empresário estava na entrada da empresa onde trabalha, no bairro do Engenho da Rainha, quando os homens chegaram armados ao local e o renderam. As vítimas foram colocadas no banco traseiro do carro e ficaram reféns por cerca de uma hora e meia. Durante a ação, o empresário e a família receberam várias ameaças, inclusive de violência sexual à filha do casal. pavorado, o empresário avistou uma patrulha do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais, na Fazenda Botafogo, também na Zona Norte, e resolveu cravar as unhas e morder Anderson, que dirigia o carro, para chamar a atenção dos policiais. Após assustar o criminosos, ele empurrou a esposa e a filha para fora do carro e conseguiu roubar a arma dos ladrões. "Eu empurrei as duas e comecei a brigar com os bandidos. Mordi a mão do motorista, consegui pegar a arma e disparei duas vezes", disse o empresário em entrevista à Rádio Globo. O empresário acertou um dos disparos no pescoço de Anderson. O sequestrador tentou fugir correndo, mas, sem forças, morreu no local. Alisson, que também ficou ferido, foi preso em flagrante pela polícia e encaminhado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, onde segue internado sob custódia. Ele responderá por tentativa de roubo com uso de arma e crime de restrição da liberdade.

Confira a classificação atualizada da série 'A' do Brasileirão


Motorista de candidato do PI é detido com R$ 180 mil em espécie, diz polícia

Um montante de R$ 180 mil, em espécie, foi encontrado dentro de um carro no Km-805 da BR-242, na cidade de Barreiras, oeste da Bahia, durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta quinta-feira (11). Duas pessoas foram conduzidos à delegacia. Uma delas, segundo o delegado Francisco de Sá, que investiga o caso, informou que é motorista do senador Wellington Dias (PT), candidato ao governo do Piauí, e apresentou crachá de identificação do Senado. Ele estava no veículo como passageiro, tinha saído de Brasília e informou ter como destino ao interior do Piauí. Em nota à imprensa, a equipe de Wellington Dias informou que o servidor está de férias e em viagem pessoal, enfatizando que não há qualquer relação do fato com o político. De acordo com o delegado, o motorista não informou a origem do dinheiro, mas afirmou que ele seria usado para a compra de fazenda e que não há relação com o candidato. "Ele disse que o senador não tem nada a ver com a situação. Todo esse dinheiro será apreendido e depositado judicialmente a favor da Justiça Federal", afirmou o delegado.O dinheiro era transportado debaixo do banco traseiro do veículo. Segundo a PRF, o condutor do veículo, que também foi preso, apresentou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. Por não terem informado a origem do dinheiro, que estava dividido em notas de R$ 100, eles permancem até a noite desta quinta-feira na delegacia. Íntegra da nota do senador Wellington Dias "O senador Wellington Dias (PT-PI) esclarece que não tem qualquer relação com o fato ocorrido no município de Barreiras, na Bahia, envolvendo o senhor José Martinho Ferreira de Araújo, servidor do Senado Federal, que, no momento do fato noticiado, se encontra de férias das suas funções, estando, portanto, em viagem pessoal sem qualquer ligação com a atividade do Senado ou do próprio senador". (G1)

De lingerie, modelos protestam contra matança de coelhos

Modelos britânicas protestaram contra a matança de coelhos para a feitura de peças de roupa, bastante requisitadas no mundo fashion. Com cabeças de coelho e lingerie, as ativistas seguravam cartazes contra o uso de peles, próximo da Somerset House, em Londres, nesta quinta-feira. "Todos os dias, coelhos são espancados, eletrocutados e esfolados apenas por causa de um casaco ou um lenço”, diz o diretor do grupo ativista dos direitos dos animais PETA, Mimi Bekhechi. O protesto aconteceu na cidade para marcar o início da London Fashion Week. (Terra)

Após um ano em recuperação judicial, Via Uno fecha fábricas na Bahia

Há um ano em recuperação judicial, a Via Uno encerrou nesta semana as atividades da última das três fábricas que mantinha no Nordeste da Bahia, demitindo cerca de 800 trabalhadores, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Calçadista (Sintracal) do Estado. Com o fechamento da unidade, a empresa deixará de ter fabricação própria e, se quiser continuar no mercado, terá de encontrar um parceiro para terceirizar sua produção. Segundo o administrador judicial da empresa, Laurence Medeiros, a ideia é manter o negócio funcionando. Ele diz que o fundador da empresa, César Minetto, que seguiu à frente do dia a dia do negócio mesmo após a recuperação, já negocia contratos de fornecimento. “As lojas continuam funcionando”, afirma Medeiros. Segundo o site da Via Uno, a empresa tem hoje 44 unidades no Brasil - há um ano, eram 135 pontos de venda. Na época do pedido de recuperação, as dívidas da Via Uno eram de R$ 240 milhões. Com o fechamento das fábricas, a conta trabalhista deve aumentar, segundo Jurandir Souza Brito, secretário-geral do Sintracal. Isso porque, na reunião que oficializou o fechamento, a empresa alegou que não tinha dinheiro para pagar as verbas rescisórias. Brito diz ainda que a empresa deve pelo menos dois anos de FGTS aos trabalhadores. “Nem a contribuição sindical, que foi descontada dos trabalhadores, nos foi repassada”, afirma o sindicalista. Fontes ligadas à companhia confirmaram que a empresa não pagou os direitos dos funcionários demitidos. Uma das estratégias da atual administração seria a venda de maquinários e de estoques para saldar essas dívidas.Além do acerto das demissões, apurou o jornal “O Estado de S. Paulo”, a empresa também estaria devendo pelo menos um mês de salários aos trabalhadores. Além das demissões nas fábricas - que somaram cerca de 2 mil desligamentos nos últimos três anos -, a empresa também fez nesta semana um corte no setor administrativo em sua sede, no Rio Grande do Sul, com o objetivo de cortar custos. Embora a empresa tenha intenção de manter a produção e a rede de franquias funcionando, uma fonte do setor calçadista dizem que, dado o histórico da Via Uno, a empresa pode ter problemas para encontrar um parceiro para suprir o estoque de suas lojas. Cerca da metade da dívida da Via Uno é justamente com antigos fornecedores que não receberam. Estratégia Criada em 1993, a Via Uno nasceu focada em produtos de baixo valor agregado que atendiam o mercado multimarcas. De olho na estratégia da Arezzo, que desde os anos 90 vinha investindo em uma rede própria, a Via Uno decidiu seguir o mesmo caminho a partir do início da década passada. Em 2010, a estratégia “chique” da Via Uno atingiu seu ápice: a empresa chegou a 200 pontos de venda, com a proposta de vender calçados ao preço médio de R$ 200, e anunciou que a meta era atingir 300 unidades até o fim daquele ano - uma meta que nunca foi atingida. Na época, a receita da Via Uno era estimada em R$ 400 milhões, aproximadamente a metade do que a Arezzo faturava naquele momento.

10 de setembro de 2014

Suspeito de matar delegado Clayton Leão nas Cascalheiras é preso no MS

Foragido desde janeiro de 2011, um suspeito de matar o delegado Clayton Leão, em emboscada na Estrada das Cascalheiras, em Camaçari, foi capturado na cidade de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, pelo Grupo de Apreensão e Captura (Grac) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Renildo Nascimento de Jesus, conhecido como "Chicó", de 37 anos, foi recambiado para Salvador na sexta-feira (5). A situação foi divulgada nesta terça-feira (9) pela Polícia Civil. O suspeito tem mandado de prisão preventiva em aberto por um crime de latrocínio que matou Jair Rosado Nascimento Oliveira, na Avenida Pinto Aguiar, em janeiro de 2011. Ele, junto a dois colegas, tentaram roubar o Crossfox da vítima. Preso, ele ficou custodiado no Complexo dos Barris e fugiu dias depois. Segundo a polícia, o criminoso foi achado em um alojamento de trabalhadores na Rua Alfredo de Castilho, no bairro de Santa Rita, no dia 14 de agosto. Ele foi encaminhado para a Unidade Especial Disciplinar (UED), no Complexo Penitenciário da Mata Escura, onde vai aguardar julgamento pelos crimes praticas. Morte de delegado: O delegado Clayton Leão Chaves foi morto na manhã do dia 26 de maio de 2010, na estrada da Cascalheira, via de ligação entre a Linha Verde e a cidade de Camaçari (BA). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia, no momento do crime, o delegado concedia entrevista aos radialistas Marco Antonio Ribeiro e Raimundo Rui, da Rádio Líder FM de Camaçari. O policial chegou a ser levado ao Hospital Geral de Camaçari, mas morreu após receber primeiros cuidados médicos. Ele foi atingido por dois tiros na cabeça. Um terceiro disparo acertou a lateral do carro. No áudio da rádio é possível ouvir o delegado dizer: "Peraí, peraí" e, em seguida, os tiros, a voz de pelo menos dois interlocutores - suspeitos de serem os atiradores - e os gritos da mulher do delegado, desesperada ao ver o marido baleado. Ela grita: "Pelo amor de Deus, mataram o Clayton aqui na [estrada da] Cascalheira." "Eu estava encerrando a entrevista quando aconteceu o crime. Na verdade, ele tinha combinado de dar a entrevista no estúdio da rádio, mas ele não conseguiu ir. A entrevista era para falar do trabalho dele no combate ao tráfico de drogas na região", disse, na ocasião, o radialista Ribeiro, que conversou por cerca de 15 minutos com o delegado. A Polícia Civil informou que o policial estava no carro com a mulher, que não foi atingida pelos disparos. O delegado tinha parado o veículo para falar ao celular. Neste momento, um grupo de homens armados, em um outro carro, se aproximou e começou a atirar contra Leão. "Eu ouvi o barulho dos estampidos. Foram dois tiros pelo que deu para ouvir. Em seguida, a mulher dele começou a gritar que ele [Leão] estava baleado e a pedir socorro. Segundo informações que ela passou à polícia, os atiradores estariam em um carro branco com placas vermelhas", disse Ribeiro. O delegado era titular da 18ª Delegacia de Camaçari e chegou a chefiar o COE. (Bocão News)

Adolescente publica vídeo decapitando tartaruga e causa revolta no Facebook

Uma americana de 17 anos tem provocado grande revolta na internet após postar um vídeo no Facebook mostrando ela e seu irmão decapitando lentamente uma tartaruga. Catrina Shears, de Michigan, Estados Unidos, publicou o vídeo de 43 segundos nesta semana e o apagou por conta da onda de críticas que recebeu. As imagens mostram a adolescente usando um alicate para segurar a cabeça do animal e impedir que se esconda no casco, enquanto seu irmão prende a tartaruga com o pé. O garoto, então, serra lentamente o pescoço do animal por cerca de 20 segundos. Segundo um comentário de Catrina, os irmãos estavam com pressa e não tinham um machado para acelerar o processo. Ela afirma, ainda, fazer isso há anos e descreveu como deixou o animal jorrar sangue por horas a fio. Aparentando não estar abalada com a ação, Catrina comenta em seguida que deveria ter feito um vídeo do sangue jorrando do pescoço da tartaruga. A publicação recebeu diversas críticas por parte de usuários da rede social, que inclusive comentaram em outras fotos e compartilhamentos da garota. Outras pessoas, porém, afirmaram que esta é a "forma humana de matar uma tartaruga". Após receber diversas denúncias, o Departamento de Recursos Naturais declarou em entrevista à Fox estar desapontado com a ação.

Após ‘tomar banho’ no Congresso, mulher ganha R$ 20 reais

Policiais detiveram nesta terça-feira (9) uma mulher que tomava banho no espelho d’água do Congresso Nacional. Segundo o G1, Célia Souza Cruz, de 34 anos, afirmou que queria “se refrescar” da temperatura de 29° C que faziam no momento. A mulher natural de Parauapebas, no Pará, disse que está na capital federal há quatro dias, mas que não tinha dinheiro para voltar para casa. Os agentes da Polícia Legislativa deram R$ 20 para Célia, que após tomar o “banho”, calçou um tênis e pôs um chapéu rosa. Ela carregava um saco plástico amarelo. A secretaria-geral do Senado disse não ter informações sobre o caso.

9 de setembro de 2014

Indígenas são assassinados na fronteira com o Peru

uatro líderes indígenas da Comunidade Nativa Alto Tamaya–Saweto, no Peru, foram assassinados a balas na segunda-feira (1) quando se deslocavam dentro da floresta com destino a aldeia Apiwtxa, no Brasil, na fronteira dos dois países. Comunicada das mortes neste domingo (7), a presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Maria Augusta Assirati, prometeu “tentar acionar” a Polícia Federal em Brasília. Os indígenas Edwin Chota Valera, Jorge Ríos Pérez, Leoncio Quinticima Melendez e Francisco Pinedo, da etnia ashaninka, participariam de uma reunião com as lideranças brasileiras da mesma etnia sobre estratégias de continuidade de ações de vigilância e fiscalização da fronteiriça, para impedir a ação de narcotraficantes e de madeireiras, que exploram ilegalmente a região. O líder indígena peruano Robert Guimarães Vásquez relatou que as vítimas foram assassinadas diante de vizinhos da comunidade de Saweto, na região de Ucayali, cuja capital é Pucalpa, como vingança de madeireiros cujas atividades ilegais foram denunciadas às autoridades pelos ashaninka. - Os delinquentes agarraram as vítimas, as amarraram e balearam no campo desportivo, contou Vásquez. (Portal Terra)

"Gay também é gente": jovem faz selfie com Malafaia e pastor ironiza

Uma selfie com Silas Malafaia vem ganhando repercussão na internet nesta semana. Na foto, o pastor aparece com uma passageira de um voo da companhia aérea Gol, que está segurando um papel escrito: "Abra sua mente, gay também é gente". A imagem foi publicada inicialmente no Instagram, mas já foi compartilhada em outras redes sociais. A foto foi publicada no perfil de Murielle Facure. Segundo ela, depois de descobrir o que estava escrito na placa, Malafaia a chamou de estúpida: “Ele falou que eu sou estúpida, que eu podia ter pedido pra tirar foto com ele e ele tiraria de boa! Mas aí depois teve um longo diálogo. Aí eu falei 'vamos tirar' e eles ficaram ironizando e rindo de mim, falando 'depois a gente é que é ignorante'", relatou. A repercussão da foto fez o pastor se pronunciar sobre o caso em seu Twitter e "agradeceu" pela promoção. "Mais uma vez: muito obrigado ao movimento gay por toda promoção que tem feito a meu respeito. Sinceramento não tenho como agradecer", ironizou. A frase escrita no papel é um trecho de uma música da banda Mamonas Assassinas. "Fui tirar um selfie e olha quem tava atrás, Ops! (Gente que quer poder casar)", escreveu Murielle na legenda da foto do Instagram. Malafaia aparece no fundo da imagem, ao lado de sua esposa, Elizete. (Correio)

MP vai dar prosseguimento às investigações da Operação Lava Jato, garante Janot

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, discutiu ontem (8) com integrantes do Ministério Público medidas para garantir o prosseguimento das investigações da Operação Lava Jato após a divulgação do depoimento em que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, cita nomes de políticos que receberam propina no suposto esquema. Em maio, Janot criou uma força-tarefa para auxiliar nas investigações. De acordo com nota divulgada à imprensa, durante a reunião foram “avaliadas medidas para garantir a efetividade das investigações”. Os nomes de políticos citados pelo ex-diretor foram divulgados no sábado (6) pela revista Veja. O procurador também declarou, por meio de nota, que não vai se manifestar sobre a divulgação dos nomes. Segundo Janot, o Ministério Público vai continuar a investigação de forma imparcial e respeitando a presunção de inocência dos envolvidos. A presidenta Dilma Rousseff disse hoje que pretende pedir à Procuradoria-Geral da República informações sobre as denúncias de que integrantes do governo foram citados pelo ex-diretor da Petrobras. (Agência Brasil)