quarta-feira, 24 de junho de 2015

Morre o médico itabunense Eduardo Galvão, aos 65 anos

Morreu na madrugada desta quarta-feira (24), o médico itabunense Eduardo Galvão, 65 anos, no hospital Sírio Libanês onde estava internado em São Paulo. O médico que era angiologista e clínico geral lutava contra um câncer e buscou na justiça o direito de tratamento considerado experimental que foi recomendado por um médico do hospital Sírio Libanês, uma vez que a Unimed se recusava a custear despesas segundo Maria Fernanda, esposa do médico. Eduardo Galvão continuou o tratamento após ter obtido liminar junto ao Superior Tribunal de Justiça, STJ. Apesar do tratamento, o médico vinha tentando se recuperar e vencer a doença. A morte de Galvão foi confirmada pela esposa e o corpo deverá ser encaminhado para Itabuna onde deverá ser velado no SAF. A previsão é de que o corpo do médico chegue à Itabuna na noite desta quarta-feira (24), ou ainda amanhã cedo para sepultamento no cemitério Campo Santo. (Arena Blog)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *