sábado, 9 de janeiro de 2016

Estatuto do Deficiente garante mais oportunidades

Direitos de acesso ao mercado de trabalho estão entre as novidades do Estatuto do Deficiente que começou a valer este ano. Fabio sofreu um acidente de moto aos 19 anos e perdeu uma perna. Hoje, graças ao trabalho como auxiliar administrativo, ele tem uma vida normal. Isso só foi possível pela lei de cotas em que empresas com mais de cem funcionários são obrigadas a oferecer de 2% a 5% das vagas para quem tem alguma deficiência. Os direitos para quem tem limitações já estão na Constituição Brasileira, mas agora ganham reforço do Estatuto da Pessoa com Deficiência. A nova legislação tem um capítulo dedicado ao mercado de trabalho, que garante acessibilidade, reabilitação profissional e igualdade de oportunidades. Alguns cursos preparam jovens com deficiência para o mercado de trabalho. Os alunos aprendem a desempenhar bem as funções e a enfrentar o preconceito. Nos últimos cinco anos, a participação dos trabalhadores com deficiência aumentou 20% no Brasil, de acordo com o Ministério do Trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *